Finalidade

Blog de divulgação de assuntos geográficos, políticos, acadêmicos, curiosos...

Últimas postagens

Ver mais artigos

sábado, 19 de abril de 2014

15 cidades magníficas que você decididamente gostaria de visitar

Viajantes experientes no Trip Advisor se reuniram para compilar sua lista das melhores cidades do mundo para visitar. 

 1 - Istambul, Turquia





Istambul é uma cidade vibrante, abrangendo a Europa e a Ásia, bem como o cristianismo e o islamismo por milhares de anos. A cidade é conhecida por sua comida deliciosa, incrível café, mercados em expansão, e arquitetura antiga - incluindo grandes mesquitas e igrejas. No final de um longo dia, não se esqueça de relaxar em um balneário de luxo.

2 - Roma, Itália




Roma é uma das cidades mais importantes na história da civilização ocidental e tem um legado que se estende por mais de dois mil e quinhentos anos. Atrações incluem a Ostia Antica, um antigo porto preservado, a casa do imperador Commodus, e, claro, o Coliseu.

3 - Londres, Reino Unido




A antiga capital do maior império da Terra, Londres é uma panela quente de cultura, com mais de 300 línguas faladas dentro de seus limites. Você pode encontrar comida, arte, entretenimento de todos os cantos do mundo, como também experimentar a melhor arquitetura inglesa em sítios como o Kew Gardens e o Abadia de Westminster.

4 - Pequim, China




Pequim é um dos maiores e mais antigos assentamentos do mundo. Com uma história de mais de 3.000 anos, a cidade é o lar de alguns dos monumentos mais importantes da China, incluindo remanescentes da Grande Muralha e a Cidade Proibida.

5 - Praga, República Checa




Praga foi um importante centro político, cultural e econômico da Europa medieval. Agora, a cidade está tendo um renascimento. Se você visitar a moderna casa de dança ou o castelo medieval de Praga, a cidade encontrou um equilíbrio perfeito entre o novo e o velho.

6 - Marrakech, Marrocos




As especiarias vibrantes que já foram negociadas através de Marrakech passaram para a própria cidade. Com os mercados atarefados e bazares coloridos, a cidade é ideal para quem quer ter um gostinho da vida tradicional marroquina. Onde melhor para ficar do que o luxuoso Taj Palace, com uma vista deslumbrante das montanhas do Atlas.

7 - Paris, França





Paris é um tesouro do patrimônio cultural. A cidade contém séculos de arte e arquitetura de todo o mundo, alojados em locais históricos, como o Louvre e o Orangerie. Uma semana seria pouco para arranhar a superfície do que esta cidade tem para oferecer.

8 - Hanoi, Vietnã





Hanoi é uma fascinante mistura de Oriente e Ocidente, combinando a cultura tradicional vietnamita com um toque colonial francês. Felizmente, a cidade ficou intocada durante décadas de guerra e agora está mais vibrante e ativa do que nunca, com o Old Quarter servindo como um dos maiores mercados do mundo. O Museu das Mulheres vietnamitas destaca o papel das mulheres na história do Vietnã e vale a pena uma visita.

9 - Siem Reap, Camboja





Embora a cidade de Siem Reap seja relativamente nova, está rodeada pelas antigas ruínas de Angkor Wat, a Cidade dos Templos e do maior monumento religioso do mundo. O Angkor Wat oferece horas de exploração e aventura.

10 - Shanghai, China








A alegria de Xangai fica no nível da rua, onde a vida cotidiana agita através quilômetros de metrópole. Você vai encontrar o Museu de Xangai, o Templo Jade Buddha e o mercado Dongtai Road, que fazem da cidade uma única experiência de vida.

11 - Berlim, Alemanha




Assim como Londres e Paris, Berlim é o centro de séculos de cultura única, arte e arquitetura. Berlim é uma cápsula do tempo, incluindo os remanescentes de períodos de tempo a partir do medieval ao moderno e do Portão de Brandeburgo até o Muro de Berlim.

12 - Nova York, EUA




Nova York é sem dúvida o centro da cultura ocidental moderna. A cidade tem tudo para todos.

13 - Florença, Itália




Florença é uma cidade que aparentemente parou no tempo. Esta bela cidade renascentista é o lar de alguns dos melhores  museus, galerias, catedrais, igrejas, praças e lojas da Itália - se não do mundo. A Catedral de Santa Maria del Fiore e Piazza della Signoria servem como um bom trampolim para esta cidade maravilhosa.

14 - Barcelona, ​​Espanha




15 - St. Petersburg, Rússia




São Petersburgo tem sido chamado de a janela da Rússia para o Ocidente. Ao contrário de Moscou, que conta com tijolos vermelhos e cúpulas, os canais de São Petersburgo e arquitetura neoclássica foram projetados pelos italianos, dando à cidade um olhar europeu.

Fonte: BlogBlux

O melhor teste para descobrir se uma sociedade é justa, por Paulo Nogueira


O filósofo americano John Rawls investigou a justiça social. E criou uma teoria simplesmente brilhante:
Copenhague: a sociedade escandinava é mais igualitária e mais feliz que a americana



O que é uma sociedade justa?
O filósofo americano John Rawls (1921-2002) se debruçou sobre esta pergunta. Em 1971, Rawls publicou um livro aclamado: “A Teoria da Justiça”.
A idéia central de Rawls era a seguinte: uma sociedade justa é aquela na qual, por conhecê-la e confiar nela, você aceitaria ser colocado de maneira randômica, aleatória. Você estaria coberto pelo que Rawls chamou de “véu de ignorância” em relação à posição que lhe dariam, mas isso não seria um problema, uma vez que a sociedade é justa.
Mais de quarenta anos depois do lançamento da obra-prima de Rawls, dois acadêmicos americanos usaram sua fórmula para fazer um estudo. Um deles é Dan Ariely, da Universidade Duke, especializado em comportamento econômico. O outro é Mike Norton, professor da Harvard Business School.
Eles ouviram pessoas de diferentes classes sociais. Pediram a elas que imaginassem uma sociedade dividida em cinco fatias de 20%. E perguntaram qual a fatia de riqueza que elas supunham que estava concentrada em cada pedaço.
“As pessoas erraram completamente”, escreveu num artigo Ariely. “A realidade é que os 40% de baixo têm 0,3% da riqueza. Quase nada. Os 20% de cima têm 84%.”
Em seguida, eles aplicaram o “véu de ignorância de Rawls”. Como deveria ser a divisão da riqueza para que eles se sentissem seguros caso fossem colocados ao acaso na sociedade?
Veio então a maior surpresa dos dois acadêmicos: 94% dos entrevistados descreveram uma divisão que corresponde à escandinava, tão criticada pelos conservadores dos Estados Unidos por seu elevado nível de bem-estar social, e não à americana. Na Escandinávia, os 20% de cima têm 32% da riqueza. (Disse algumas vezes já e vou repetir: o modelo escandinavo é o mais interessante que existe no mundo, um tipo de capitalismo extremamente avançado do ponto de vista social.)

Cena comum nos Estados Unidos de hoje: “tent cities”, concentração em barracas de gente que perdeu a casa
“Isso me levou a pensar”, escreveu Ariely. “O que fazer quando num estudo você descobre que as pessoas querem um determinado tipo de sociedade, mas ao olhar para a classe política parece que ninguém quer isso?”
Bem, uma das respostas à questão está na eclosão de protestos nos Estados Unidos. Os “99%” do movimento Ocupe Wall Street estão esperneando por uma sociedade mais justa, que se encaixe na tese do “véu de ignorância” de Rawls.
Os 99% não são representados nem pelos democratas e nem, muito menos, pelos republicanos. Barack Obama e Mitt Romney jamais aceitariam ser colocados aleatoriamente na sociedade americana tal como é. As chances de que eles terminassem num lugar bem diferente daquele que ocupam seriam enormes. Talvez eles tivessem que dormir em carros ou em barracas, depois de perder a casa na crise econômica, como acontece hoje com milhões de americanos.
Para usar o método de Rawls, eis aí a demonstração do que é uma sociedade injusta.
Paulo Nogueira
Sobre o Autor
O jornalista Paulo Nogueira é fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Concurso Público Instituto Federal de Rondônia. Vaga pra Geografia - Até R$ 8.717,00


O REITOR EM EXERCÍCIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais, e tendo em vista o disposto no Artigo 37, inciso II, da 
Constituição Federal do Brasil, com redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1988, e considerando os termos do Decreto nº 6.944, de 21/8/2009, a Lei nº 11.892, de 29/12/2008, e o Decreto n° 7.312, de 23/9/2010 e suas alterações, TORNA PÚBLICO que estarão abertas as inscrições para o Concurso Público para provimento, em caráter efetivo, do cargo de PROFESSOR DA CARREIRA DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia – IFRO, observados os termos da Lei nº. 8.112, de 11/12/90, e do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal estruturado pela Lei nº 12.772/2012, mediante as normas e condições estabelecidas neste Edital:




quinta-feira, 17 de abril de 2014

CONCURSO PÚBLICO NO INSTITUTO FEDERAL DO MATO GROSSO

INSCRIÇÕES INICIAM NA TERÇA-FEIRA (22) PARA 53 VAGAS DE DOCENTES E 8 PARA TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS NO IFMT


As inscrições para o Concurso Público do Instituto Federal de Mato Grosso iniciam na terça-feira, dia 22 de abril, para o provimento de 53 vagas para Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico  e 08 vagas para Técnico-administrativo em Educação para atender oito campi (Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Confresa, Bela Vista, Cuiabá, Juína, Pontes e Lacerda e Primavera do Leste) e Reitoria. O edital foi publicado nessa terça-feira, dia 15 de abril, no Diário Oficial da União, seção 03, nº 72/2014, das páginas 44 a 54. Acesse o link -http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=15/04/2014&jornal=3&pagina=44&totalArquivos=272

As inscrições estarão abertas no período de 22 de abril a 05 de maio de 2014, exclusivamente pelo endereço eletrônico – www.ufmt.br/concursos . O candidato, após realizar a sua inscrição via internet, deverá gerar e imprimir seu comprovante de pedido de inscrição e boleto bancário para pagamento da taxa de inscrição. 
O valor da taxa de inscrição para docente é de R$ 120,00. Já para técnico administrativo, o valor está afixado de acordo com o cargo: Técnico em Laboratório/Química - R$ 60,00 (Nível Médio) e Tecnólogo e Economista - R$ 80,00 (Nível Superior).
Para docente o concurso compreenderá as seguintes fases: Prova Objetiva, Prova de Desempenho Didático e Prova de Títulos. Para Técnico-Administrativo  será somente  a Prova Objetiva. Todas as fases serão realizadas na cidade de Cuiabá (MT).
Para aqueles candidatos que desejarem solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição tem o período das 08 horas do dia 22 de abril de 2014 até às 23 horas e 59 minutos do dia 27 de abril de 2014. A relação dos candidatos com pedidos de isenção deferidos será disponibilizada por meio de consulta individual, pela internet, no endereço eletrônico – www.ufmt.br/concursos  até o dia 29 de abril de 2014.
A divulgação da relação preliminar de inscritos será disponibilizada, por meio de consulta individual, no dia 12 de maio de 2014, no endereço eletrônico – www.ufmt.br/concursos
A lista definitiva das inscrições do concurso público de que trata o edital nº27/2014, com indicação dos locais das provas objetivas, será disponibilizada, na internet, por meio de consulta individual, no dia 19 de maio de 2014, no endereço eletrônico – www.ufmt.br/concursos
A Prova Objetiva será realizada no dia 25 de maio de 2014, tanto para docente como para técnico-administrativo (eliminatória e classificatória).
A Prova de Desempenho Didático será somente para o cargo de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (eliminatória e classificatória) e será realizada nos dias 07 e 08 de junho de 2014, na Universidade Federal de Mato Grosso – 
Campus
 Cuiabá, situado na Av. Fernando Correa da Costa, nº 2.367, Bairro Boa Esperança.  Somente serão convocados para a Prova de Desempenho Didático os candidatos classificados na Prova Objetiva.

A Prova de Títulos ocorrerá somente para o cargo de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológica (Classificatória) e para os candidatos que obtiverem pelo menos 50 pontos na Prova de Desempenho Didático. Os Títulos deverão ser entregues nos dias 07 e 08 de junho, conforme o cronograma do edital .
A Secretaria de Articulação e Relações Institucionais/Gerência de Concursos da Universidade Federal de Mato Grosso divulgará o resultado final do concurso, na internet, no endereço eletrônico – www.ufmt.br/concursos , a partir das 16 horas, do dia 27 de junho de 2014.

Veja as áreas do conhecimento e vagas ofertadas para Docente

Campus Barra do Garças
História – 01 vaga

Campus Cáceres
Engenharia Florestal/ Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais – 01 vaga
Português/Inglês – 01 vaga

Campus Campo Novo do Parecis
Biologia – 02 vagas
Contabilidade – 01 vaga

Campus Confresa
Administração – 02 vagas
Biologia – 02 vagas
Física – 01 vaga

Campus Cuiabá – Bela Vista
Química Industrial – 01 vaga

Campus Cuiabá – Octayde Jorge da Silva
Desenho Técnico e Arquitetônico – 01 vaga
Economia – 01 vaga
Engenharia e Controle de Automação – 01 vaga
Engenharia Estrutural – 01 vaga
Engenharia Mecânica – 02 vagas
Geociências – 01 vaga
Materiais de Construção – 01 vaga
Geociências – 01 vaga
Materiais de Construção – 01 vaga
Secretariado – 01 vaga
Segurança do Trabalho – 01 vaga
Sistemas Construtivos – 01 vaga

Campus Juína
Agrimensura – 01 vaga
Biologia – 04 vagas
Economia – 01 vaga
Engenharia Ambiental – 01 vaga
Física – 01 vaga
Geografia – 01 vaga
Gestão em Agronegócio – 01 vaga
História – 02 vagas
Zootecnia/ Produção Animal – 01 vaga

Campus Pontes e Lacerda
Administração – 01 vaga
Biologia – 01 vaga
Economia – 01 vaga
Engenharia Elétrica - - 02 vagas
Engenharia Sanitária- 01 vaga
Geografia – 02 vagas
História – 01 vaga

Campus Primavera do Leste
Engenharia Elétrica – 02 vagas
Engenharia Eletrônica – 01 vaga
Engenharia Industrial Mecânica – 01 vaga
Engenharia Mecânica – 02 vagas
Engenharia Mecatrônica – 01 vaga
Geografia – 01 vaga

Veja as áreas do conhecimento e vagas ofertadas para Técnico-administrativo

Campus Bela Vista
Tecnólogo/Formação: Gestão Pública  - 01 vaga

Campus Confresa
Tecnólogo/Formação: Gestão Pública  - 01 vaga
Técnico em Laboratório/Formação: Química – 01 vaga

Reitoria
Economista – 01 vaga
Tecnólogo/Formação: Gestão Pública  - 01 vaga
Tecnólogo/Formação: Gestão Financeira  - 01 vaga
Tecnólogo/Formação: Gestão de Pessoas   - 01 vaga


FONTE: IFMT

Copyright @ 2013 Prof. Ricardo Töws . Designed by Templateism | Love for The Globe Press